Utilize este identificador para referenciar este registo: http://www.repositorio.uem.mz/handle/123456789/450
Título: Avaliação da recuperação de área degradada na represa do Iraí, Paraná, por meio de aspectos florísticos e fitossociológicos
Autores: Camargo, Alessandro
Marques, Renato
Bila, Nocy
Palavras-chave: Vegetação herbáceo - lenhosa
Áreas degradadas
Capoeira
Florestas
Comunidades vegetais
Data: 2012
Editora: Universidade Federal do Paraná
Resumo: Realizou-se um estudo florístico e fitossociológico da componente herbáceo-lenhosa numa parte da margem do Reservatório do Iraí, Pinhais, Paraná, Brasil. O objetivo do trabalho foi de conhecer e comparar os efeitos dos plantios sobre a composição florística e fitossociologia de Capoeira em três compartimentos submetidos a tratos silviculturais diferentes. No estudo florístico foram realizadas coletas quinzenais utilizando técnicas de herborização e identificação segundo Herbário do Jardim Botânico de Curitiba. Para o estudo fitossociológico foram alocadas 150 parcelas de 1 m² para análise da componente herbácea-arbustiva e 45 parcelas de 25 m2 para a determinação da regeneração natural. Foi determinada a frequência, cobertura e densidade (absoluta e relativa), cobertura média, o valor de importância relativa e médio de cada um dos compartimentos. Foi também determinado o índice de diversidade de Shannon (H’) e o de similaridade de Jaccard (ISJ). No total foram registradas 117 espécies, 43 famílias e 93 gêneros. As famílias mais representadas por espécie foram a Asteraceae (41), Fabaceae (8), Poaceae (7), Solanaceae (6) e Apiaceae (4). A composição da vegetação na componente herbácea-arbustiva no compartimento CAP-E registrou 28 famílias, 59 gêneros e 74 espécies; CAP-P apresentou 20 famílias, 44 gêneros e 51 espécies, e a AA-P apresentou 20 famílias, 53 gêneros e 57 espécies. Foi registrada a ocorrência de espécies exclusivas sendo 17 espécies pertencentes à CAP-E, 7 espécies na CAP-P e 14 espécies a AA-P. A composição da regeneração (subarbustiva-arbórea) CAP-E registrou 12 famílias, 17 gêneros e 24 espécies; CAP-P 15 famílias, 15 gêneros e 22 espécies, e AA-P registrou 14 famílias, 16 gêneros e 20 espécies. Na análise fitossociológia da componente herbácea-arbustiva foram registradas as espécies mais importantes em cada um dos compartimentos, CAP-E teve Centella asiatica, Senecio brasiliensis e Rubus rosifolius; CAP-P teve Centella asiatica, Hypochaeris radicata e Baccharis vulneraria; e por último AA-P teve Senecio brasiliensis, Baccharis uncinella, Solidago chilensis, Hypoxis decumbens, Paspalum urvillei, Baccharis dracunculifolia e Austroeupaeutorium inulaefolium. Na análise fitossociologica da regeneração, CAP-E teve Rubus niveus, Baccharis erioclata, Schinus terebinthifolius, Rubus idaeus, Baccharis uncinella como as mais importantes, CAP-P teve Rubus niveus, Baccharis erioclata, Schinus terebinthifolius, Rubus idaeus, Baccharis uncinella e AA-P teve Schinus terebinthifolius e Rubus niveus. O índice de diversidade de Shannon (H’) da componente herbácea-arbustiva foi 4,07 em CAP-E e 3,63 CAP-P e AA-P. Na regeneração o H´da área total foi de foi de 2,88. No entanto CAP-E teve o H´de 2,69, CAP-P teve 2,48 e AA-P teve 2,55. O índice de Similaridade de Jaccard (ISJ) da componente herbácea-arbustiva entre CAP-E e CAP-P foi de 59 %, CAP-E e AA-P foi de 51 % e entre CAP-P e AA-P foi de 55%. O ISJ na regeneração entre CAP-E e CAPP foi de 48 %, CAP-E e AA-P foi de 65 % e da CAP-P e a AA-P foi de 80%. Dentre as espécies encontradas, 26 são exóticas no Paraná, e as famílias com destaque foram Asteraceae, Poaceae e Fabaceae. Neste trabalho constatou-se que os tratos silviculturais executados influenciaram no padrão de distribuição das espécies e na fitossociologia da área
We conducted a floristic and phytosociological study of herbaceous and woody components in one part of the banks of the Iraí Dam, Pinhais, in Paraná, Brazil. The objectives of this study were to know and compare the effects of plantations on the floristic and phytosociology composition of Capoeira in three areas subjected to different silvicultural treatments. For the floristic study, there were a biweekly collect, using standard techniques and identification herborization from Herbarium of the Bothanical Garden in Curitiba. For the phytosociological study, 150 plots of 1m² were allocated to analyze the herbaceous - subshrub and 45 plots of 25 m² to determine the natural regeneration. The frequency, cover and density (absolute and relative) covering average value of the importance of each the compartments. It was also determined the Shannon diversity index (H ') and the Jaccard similarity (JSI). A total of 117 recorded species, 43 families and 93 genera. The families were represented by species Asteraceae (41), Fabaceae (8), Poaceae (7), Solanaceae (6) and Apiaceae (4). The composition of herbaceous and shrub species component in E- CAP (spontaneous capoeira) compartment were recorded 28 families, 59 genera and 74 species; P – CAP (planted capoeira) showed 20 families, 44 genera and 51 species, and P – AA ( Planted o pen area) showed 20 families, 53 genera and 57 species. The occurrence of unique species and 17 species belonging to the E- CAP, 7 species belongs to P – CAP and 14 species to P – AA . In the composition of regeneration E – CAP recorded 12 families, 17 genera and 24 species, P – CAP 15 families, 15 genera and 22 species, and P – AA recorde d 14 families, 16 genera and 20 species. In the analysis of phytosociology of the herbaceous and shrub species there were recorded as most important in each of the compartments where E – CAP had Centella asiatica, Senecio brasiliensis and Rubus rosifolius ; P - CAP compartiment , Centella asiatica, Hypochaeris radicata and Baccharis vulneraria; at last, Senecio brasiliensis, Baccharis uncinella Solidago chilensis, the Hypoxis decumbens, Paspalum urvillei to the Baccharis dracunculifolias and Austropaeutorium inolifolium. In phytosociological analysis of regeneration, E -CAP had Rubus niveus, Baccharis erioclata, Schinus terebinthifolius, Rubus idaeus, Baccharis uncinella as the most important P - CAP had Rubus niveus, Baccharis erioc lata, Schinus terebinthifolius, Rubus idaeus, Baccharis uncinella and P – AA had Schinus terebinthifolius and Rubus niveus. The Shannon diversity index (H ') of the herbaceous and shrub was 4.07 in E – CAP, and in P - CAP and P – AA was 3.63 P. In the regeneration H 'of the total area was 2.88. However, E – CAP had H' 2.69, P - CAP was 2.48 and P – AA was 2.55. The Jaccard similarity index (ISJ) of the herbaceous and shrub between E - CAP and P – CAP was 59%, E – CAP and P – AA was 51% and between P – CAP and AA - P was 55 %. The ISJ in regeneration between E - CAP and P - CAP was 48%, E – CAP and P – AA was 65% and P – CAP and P - AA was 80%. Among the species found, 26 are exotic in Parana, and especially the families Asteraceae, Fabaceae and Poaceae. In this work it was found that the silvicultural treatments performed influenced the pattern of species distribution and phytosociology of the area.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Engenharia Florestal
URI: http://hdl.handle.net/123456789/450
Aparece nas colecções:Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2012 - Bila, Nocy. pdf1.79 MBAdobe PDFVer/Abrir


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.